Harmonização de vinhos: dicas da Vivian Ernandes 5

Harmonização de vinhos: dicas da Vivian Ernandes

Gastronomia

Dicas da Sommelier Vivian Ernandes

A gente sabe que para quem não está acostumado a tomar vinho, a compra de uma garrafa pode ser uma tarefa difícil. Ao chegar no supermercado ou adega, nos deparamos com uma infinidade de marcas, tipos de uvas (Cabernet Sauvignon, Chardonnay, Malbec, Pinot Noir, Merlot etc) e isso causa uma certa confusão.
A primeira pergunta que vem à mente é: que tipo de vinho devo comprar e que  vá combinar com o alimento que vou comer?
Esse processo de combinação que existe entre o vinho e o alimento é chamado de harmonização. “Esta combinação deve acontecer por compatibilidade (alimentos que combinam entre si) e contraste (alimentos diferentes que se harmonizam entre si)”, afirma a sommelier e coordenadora de vendas da empresa Vinho Sul, Vívian Ernandes.
Ainda de acordo com ela: “os pratos feitos com temperos fortes devem ser acompanhados por vinhos mais encorpados(vinho tinto). Já um prato leve, como o risoto de frutos do mar, a melhor indicação seria um vinho branco chardonnay passado em madeira “.
Vinhos - dogma21.com
Vinho tinto: combinação perfeita para alimentos pesados (carnes, queijo forte e massas em geral).

 

Vivian Ernandes - Vinhos - dogma21.com
Vivian Ernandes (Sommelier e coordenadora) – evento realizado no restaurante Dalmo Bárbaro, no Guarujá.
Vinhos - dogma21.com
Vivian Ernandes, Rafael Dalmo (proprietário do restaurante) e Beto (representante da Vinho Sul)

 

Para não ficar confuso, existe uma regra muito fácil que serve para ser usada na hora de comprar seu vinho.

Vinhos tintos (cor sanguínea) combinam com alimentos que têm tonalidades mais escuras (carnes vermelhas, queijo forte, alimentos preparados com o próprio vinho, massas em geral ) e gosto mais forte.
Vinhos brancos combinam com alimentos que têm a tonalidade mais clara (peixes, aves, carne branca, saladas em geral) e gosto menos acentuado.
Alimentos que não combinam com vinhos
Temperos: curry, shoyu, wasabi e dendê.
Alimentos ácidos: limão, vinagre, kiwi e laranja.
Verduras e legumes: alcachofra, aspargo e couve.
Alimentos: chocolate, ovo, feijoada e sopa.
Curiosidade
Só para se ter uma noção existem mais de três mil tipos de uvas vitis viníferas que são as apropriadas para fazer o vinho.
Já ouviu falar da flor de sal? Sabia que um pote de 150 gramas pode custar R$ 30,00?

Restaurante DALMO BÁRBARO
Av. Miguel Estéfano, 4751
Praia da Enseada – Guarujá
Contato: (13) 3351 9298

Agora o DOGMA21 tem canal de vídeos e não esqueça de assiná-lo.

Clique nessa frase, assine-o e não perca os vídeos!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.